Carregando...
JusBrasil - Legislação
30 de julho de 2014

Lei Complementar 744/10 | Lei Complementar nº 744 de 19 de Março de 2010

Publicado por Câmara Municipal de Blumenau (extraído pelo JusBrasil) - 4 anos atrás

LEIAM 0 NÃO LEIAM

INSTITUI O PLANO DE CARREIRA PARA OS SERVIDORES TÉCNICO-ADMINISTRATIVOS DA FURB E DÁ PROVIDÊNCIAS CORRELATAS. Ver tópico (2 documentos)

JOÃO PAULO KLEINÜBING, Prefeito Municipal de Blumenau, faço saber a todos os habitantes deste Município que a Câmara Municipal aprovou, e eu sanciono e promulgo a seguinte Lei:

CAPÍTULO I

DISPOSIÇÕES PRELIMINARES

Art. 1º Esta Lei, na forma do exigido pela Constituição Federal, art. 39, dispõe sobre o plano de carreiras dos servidores técnico-administrativos da FURB, constantes de Quadros e Anexos previstos na legislação de organização administrativa da Instituição, indicando as carreiras existentes e as condições da evolução dos servidores em cada uma. Ver tópico

Art. 2º É vedada qualquer possibilidade de evolução funcional de servidor técnico-administrativo da FURB fora das hipóteses desta Lei. Ver tópico

CAPÍTULO II

DO PLANO DE CARREIRAS TÉCNICO-ADMINISTRATIVAS

SEÇÃO I

DISPOSIÇÕES GERAIS

Art. 3º O plano de carreiras para os servidores técnico-administrativos da FURB, visando incentivar o corpo funcional da entidade à continuada e crescente qualificação de modo a assegurar a eficiência do serviço e o permanente aperfeiçoamento do seu trabalho de prestação de serviços à comunidade usuária, é definido como o conjunto das possibilidades de evolução funcional do servidor por merecimento é o estabelecido na forma dos Anexos I e II, organizando-se de acordo com este Capítulo. Ver tópico

Art. 4º As carreiras são organizadas em grupos de cargos dispostos de acordo com a natureza profissional e a ordem de complexidade de suas atribuições, em estreita correlação com as finalidades da Instituição. Ver tópico

Art. 5º Os cargos ficam divididos nos seguintes grupos ocupacionais, na forma do Anexo II: Ver tópico

I - de nível superior; Ver tópico

II - técnico de nível médio; Ver tópico

III - administrativo; Ver tópico

IV - de apoio e manutenção. Ver tópico

Art. 6º O Grupo Ocupacional Nível Superior (GNS) abrange os cargos cujas tarefas requerem conhecimentos teóricos e práticos de nível superior, representando o limite ascensional para os servidores públicos em suas carreiras. Ver tópico

Art. 7º O Grupo Ocupacional Técnico de Nível Médio (GNM) compreende os cargos que exigem conhecimentos técnicos, em nível de ensino médio. Ver tópico

Art. 8º O Grupo Ocupacional Administrativo (GAD) congrega os cargos que exigem conhecimentos, em nível de ensino médio, ligados ao âmbito administrativo e organizacional. Ver tópico

Art. 9º O Grupo Ocupacional Apoio e Manutenção (GAM) reúne os cargos cujas tarefas requerem ensino fundamental e o conhecimento prático limitados a uma rotina de trabalho. Ver tópico

Art. 10. Fica aprovado o Anexo I desta Lei, que estabelece o Quadro Geral de Referências de Vencimento, com percentual único de três por cento na evolução vencimental, entre as referências. Ver tópico

Art. 11. Fica aprovado o Anexo II desta Lei, que estabelece o Quadro de Carreira Geral dos Servidores Técnico-Administrativos, com as respectivas referências de vencimento inicial e final. Ver tópico

CAPÍTULO III

DO PLANO DE CARREIRA

SEÇÃO I

DO QUADRO DE CARREIRA GERAL

Art. 12. Os Grupos Ocupacionais Nível Superior, Técnico de Nível Médio, Administrativo e Apoio e Manutenção, constantes do Anexo II, definem, pela hierarquização dos cargos ali representados, o Quadro de Carreira Geral dos Servidores Técnico-Administrativos da Fundação. Ver tópico

§ 1º A escolha dos cargos definidores de carreira individual é de livre opção do servidor público. Ver tópico

§ 2º O acesso a cada um dos cargos, dar-se-á, tão somente, com o atendimento dos requisitos estabelecidos nesta Lei, complementarmente com a Lei que dispõe sobre o Estatuto dos Servidores Públicos do Município de Blumenau e o edital do concurso público. Ver tópico

SEÇÃO II

DO QUADRO DE CARREIRA DE NÍVEL SUPERIOR

Art. 13. O Grupo Ocupacional Nível Superior definido no Anexo II desta Lei tem quadro de carreira específico, que viabiliza a continuidade ascensional do servidor, até o limite máximo no Sistema de Carreira Geral. Ver tópico

§ 1º Os cargos integrantes do Quadro de Carreira Nível Superior, além de suas referências de vencimento, obedecerão aos estágios profissionais A, B e C, observado o interstício de 7 (sete) anos para cada um, que definem critérios especiais de enquadramento e recrutamento. Ver tópico

§ 2º Fica garantido para todos os integrantes do Grupo Ocupacional Nível Superior, igual número de referências, para iguais estágios profissionais (A, B e C), estabelecendo entre eles um intervalo de 7 (sete) referências. Ver tópico

Art. 14. O servidor efetivo da FURB, integrante do Quadro de Carreira Nível Superior, ao alcançar novo estágio profissional, previsto no art. 15, será enquadrado: Ver tópico

I - na referência de vencimento inicial prevista para o novo estágio profissional, no caso do servidor beneficiado estar enquadrado em referência de vencimento inferior àquela estipulada para o estágio profissional conquistado; Ver tópico

II - em duas referências acima da referência de vencimento inicial prevista para o novo estágio profissional, no caso do servidor já perceber vencimento igual ou superior à referência de vencimento inicial definida para o novo estágio profissional. Ver tópico

Art. 15. O enquadramento do servidor dar-se-á no cargo e estágio profissional correspondente ao seu perfil profissional e à dimensão da sua experiência, conforme a seguinte classificação: Ver tópico

a) Estágio Profissional A: 00 a 12 pontos; Ver tópico

b) Estágio Profissional B: 13 a 22 pontos; Ver tópico

c) Estágio Profissional C: acima de 22 pontos. Ver tópico

Parágrafo Único - - Para cargos com carga horária inferior a 40 (quarenta) horas semanais de trabalho, exceto o cargo de nível superior de jornalista, o valor de vencimento da referência de enquadramento será proporcional ao número de horas. Ver tópico

Art. 16. A contagem de pontos, para efeito de enquadramento e progressão no estágio profissional, obedecerá à seguinte escala de critérios: Ver tópico

I - TITULAÇÃO Ver tópico

a) Graus Acadêmicos: Ver tópico

1. doutorado, em área afim, obtido em programa recomendado pela CAPES - 15 (quinze) pontos - limite de 15 (quinze) pontos;

2. mestrado, em área afim, obtido em programa recomendado pela CAPES - 10 (dez) pontos - limite de 10 (dez) pontos.

b) Outros Cursos: Ver tópico

1. especialização de, no mínimo, 360 (trezentas e sessenta) horas-aula, em área afim, emitido por Instituição de Ensino Superior credenciada, com carga horária comprovada no certificado - 5 (cinco) pontos - limite de 10 (dez) pontos;

2. curso relativo à área de atuação ou de aperfeiçoamento, com, no mínimo, 180 (cento e oitenta) horas-aula, em área afim, ou qualquer especialização em Instituição de Ensino Superior credenciada ou segunda graduação - 2 (dois) pontos - limite de 6 (seis) pontos;

3. atualização relativa à área de atuação, com comprovação de carga horária, cuja somatória atinja 90 (noventa) horas - 1 (um) ponto - limite de 10 (dez) pontos.

II - EXPERIÊNCIA PROFISSIONAL Ver tópico

a) Para cada 3 (três) anos de experiência profissional no cargo, na FURB - 1 (um) ponto - sem limite; Ver tópico

b) Para cada 4 (quatro) anos de efetivo exercício de cargo de chefia, na FURB - 1 (um) ponto - sem limite; Ver tópico

§ 1º Para a pontuação de graus acadêmicos, será considerado somente o grau mais elevado; Ver tópico

§ 2º Para fins de pontuação, não serão considerados os cursos de doutorado, mestrado e especialização feitos concomitantemente; Ver tópico

§ 3º Para fins de reenquadramento, serão considerados somente os cursos previstos no inciso I, letra "b`, item 3, deste artigo, realizados a contar do exercício no cargo; Ver tópico

§ 4º Para a pontuação decorrente de cursos de especialização e aperfeiçoamento, prevista no inciso I, letra b, itens 1 e 2, deste artigo, será observado o interstício mínimo de 5 (cinco) anos; Ver tópico

§ 5º Para a pontuação decorrente do previsto na letra b, item 3, será observado o interstício mínimo de 3 (três) anos; Ver tópico

§ 6º Caso não sejam atingidas as horas mínimas para pontuação no interstício previsto no parágrafo 5º, poderá computá-las no interstício imediatamente subsequente; Ver tópico

§ 7º Cursos de conteúdos e finalidades idênticos são pontuados apenas uma vez. Ver tópico

CAPÍTULO IV

DOS CRITÉRIOS GERAIS DA ADMINISTRAÇÃO DE RECURSOS HUMANOS

SEÇÃO I

DA NOMEAÇÃO E ENQUADRAMENTO

Art. 17. Os cargos de carreira de provimento efetivo constantes do quadro de carreira geral dos servidores técnico-administrativos relacionados no Anexo II desta Lei, serão preenchidos: Ver tópico

I - por nomeação, precedida de concurso público, nos termos do inciso II do art. 37 da Constituição Federal; Ver tópico

II - pelo enquadramento dos atuais servidores ocupantes dos cargos de provimento efetivo, conforme as normas estabelecidas nesta seção; Ver tópico

III - pelas demais formas de provimento previstas no Estatuto dos Servidores Públicos Municipais de Blumenau e Lei que dispõe sobre as regras para a sua aplicação aos Servidores da FURB. Ver tópico

Parágrafo Único - - A nomeação de servidor público ocorrerá sempre na referência inicial estabelecida para o cargo a ser preenchido, atendidos os demais requisitos previstos na Lei que dispõe sobre as regras para a aplicação do Estatuto dos Servidores Públicos Municipais aos servidores da FURB e a Lei que dispõe sobre as regras para a sua aplicação aos Servidores da FURB. Ver tópico

Art. 18. Os atuais servidores técnico administrativos, ocupantes dos cargos de provimento efetivo da FURB serão automaticamente enquadrados nos cargos previstos no Anexo II desta Lei. Ver tópico

Art. 19. No processo de enquadramento do servidor serão considerados os seguintes fatores: Ver tópico

I - a igualdade de denominação e correlatas atribuições dos cargos; Ver tópico

II - a referencia de vencimento do cargo ocupado e a referência de vencimento do cargo no qual se dará o enquadramento; Ver tópico

III - habilitação legal para o exercício do cargo, quando for o caso. Ver tópico

Art. 20. Os atos de enquadramento dos atuais servidores para os cargos previstos nesta Lei serão expedidos pelo Reitor da FURB, preservadas as situações funcionais individuais e os direitos adquiridos. Ver tópico

SEÇÃO II

DA PROMOÇÃO

Art. 21. Fica instituído o benefício de promoção funcional aos servidores técnico-administrativos da FURB, pertencentes a todos os grupos ocupacionais de cargos de provimento efetivo, que consiste na passagem à referência de vencimento seguinte do mesmo cargo, dando-se em decorrência de merecimento apurado em avaliação de desempenho. Ver tópico

Art. 22. A avaliação de desempenho para a promoção funcional levará em conta os seguintes critérios: Ver tópico

I - conduta ética; Ver tópico

II - disciplina; Ver tópico

III - relacionamento interpessoal; Ver tópico

IV - eficiência. Ver tópico

Art. 23. Na avaliação de desempenho, realizada pela comissão permanente na forma de regulamento próprio, será adotado questionário que considere a natureza das atividades desempenhadas pelo servidor, observadas as seguintes características: Ver tópico

I - objetividade e adequação dos processos e instrumentos de avaliação, ao conteúdo ocupacional das carreiras; Ver tópico

II - periodicidade semestral; Ver tópico

III - contribuição do servidor para consecução dos objetivos do órgão; Ver tópico

IV - comportamento observável do servidor em questão de assiduidade, pontualidade, disciplina, relacionamento, conduta pessoal e outros correlatos. Ver tópico

Art. 24. Após a nomeação, a primeira promoção funcional será efetuada ao transcurso do período de três anos, e as demais observará interstícios de dezoito meses. Ver tópico

§ 1º A primeira promoção funcional consistirá na passagem de duas referências, contadas da referencia inicial estabelecida para o cargo; Ver tópico

§ 2º Os servidores enquadrados na forma prevista nos artigos anteriores poderão obter nova promoção desde que decorridos 18 (dezoito) meses, constados da data da última promoção; Ver tópico

§ 3º O servidor dos grupos ocupacionais Técnico de Nível Médio, Administrativo e Apoio e Manutenção, que tenha concluído curso de nível superior, poderá requerer a Promoção Funcional de 2 (duas) referências na carreira, limitada a 2 (duas) referências de vencimento; Ver tópico

§ 4º O servidor, que tenha concluído curso de Pós-Graduação de, no mínimo, 360 (trezentos e sessenta) horas, em área afim, emitido por Instituição de Ensino Superior credenciada, com carga horária comprovada no certificado, poderá requerer a Promoção Funcional de 1 (uma) referência na carreira, limitada a 3 (três) referências de vencimento; Ver tópico

§ 5º O servidor do grupo ocupacional Apoio e Manutenção, que tenha concluído o Ensino Médio, poderá requerer a Promoção Funcional de 1 (uma) referência na carreira; Ver tópico

§ 6º O servidor dos grupos ocupacionais Técnico de Nível Médio e Administrativo, que concluir atualizações relativas à área de atuação, com comprovação de carga horária cuja somatória atinja 240 (duzentas e quarenta) horas, poderá requerer a Promoção Funcional de 1 (uma) referência na carreira, limitada a 3 (três) referências de vencimento; Ver tópico

§ 7º O servidor do grupo ocupacional Apoio e Manutenção, que concluir atualizações relativas à área de atuação com comprovação de carga horária cuja somatória atinja 120 (cento e vinte) horas, poderá requerer a Promoção Funcional de 1 (uma) referência na carreira, limitada a 3 (três) referências de vencimento. Ver tópico

SEÇÃO III

DA COMISSÃO PERMANENTE DE CARREIRA

Art. 25. Fica instituída a Comissão Permanente da Carreira dos Servidores Técnico-Administrativos da FURB, com as seguintes atribuições: Ver tópico

I - acompanhar a implantação e o regular funcionamento do plano de carreira; Ver tópico

II - elaborar o regulamento e os instrumentos da avaliação de desempenho, para fins de promoção funcional dos servidores; Ver tópico

III - analisar e decidir sobre os requerimentos e recursos dos servidores quanto à pontuação, valoração dos cursos e os resultados da avaliação de desempenho; Ver tópico

IV - elaborar os formulários para os requerimentos referentes à carreira. Ver tópico

Art. 26. A Comissão Permanente prevista no artigo anterior será integrada pelos seguintes membros, com mandato de 4 (quatro) anos e reconduzíveis uma vez: Ver tópico

a) 3 (três) servidores técnico-administrativos indicados pelo Reitor; Ver tópico

b) 3 (três) servidores técnico-administrativos indicados pelo sindicato representativo da categoria: Ver tópico

§ 1º O Presidente da Comissão será eleito pelos seus pares; Ver tópico

§ 2º Nos casos de empate, caberá ao presidente o voto de desempate. Ver tópico

Art. 27. O atendimento dos requisitos à evolução na carreira, por promoção funcional, serão comprovados com os seguintes documentos: Ver tópico

I - quanto à escolaridade: cópia de diploma, certificado de conclusão de curso, declaração da entidade educacional ou documento de registro profissional; Ver tópico

II - quanto à experiência na área de atuação: Ver tópico

a) cópia do ato de designação para o cargo, em se tratando de servidor público; Ver tópico

b) quaisquer comprovações documentais do exercício da função do cargo; Ver tópico

c) cópia dos registros internos da FURB, quando for o caso. Ver tópico

Art. 28. De posse dos documentos referidos nesta Lei, a Comissão Permanente decidirá fundamentadamente sobre a evolução do candidato por promoção funcional, em decisão da qual cabe recurso ao Reitor, no prazo de 10 (dez) dias, contados da respectiva publicação, em instância final. Ver tópico

Art. 29. Resolvidos os recursos interpostos e publicada a lista final dos servidores promovidos, cada evolução será anotada em caráter definitivo nos assentamentos funcionais do servidor. Ver tópico

CAPÍTULO IV

DISPOSIÇÕES FINAIS

Art. 30. Casos omissos quanto à evolução dos servidores objeto desta Lei serão resolvidos pelo Conselho competente. Ver tópico

Art. 31. As despesas decorrentes da aplicação desta lei correrão à conta das dotações próprias da FURB, consignadas em seu orçamento. Ver tópico

Art. 32. O § 1º do art. da Lei Complementar nº 661, de 28/11/2007, passa a vigorar com a seguinte redação: Os Planos de Cargos e Carreiras da Fundação Universidade Regional de Blumenau (FURB) serão estabelecidos por Lei Específica. Ver tópico

Art. 33. Esta Lei entra em vigor na data de sua publicação, revogadas as disposições em contrário. Ver tópico

PREFEITURA MUNICIPAL DE BLUMENAU, em 19 de março de 2010.

JOÃO PAULO KLEINÜBING

Prefeito Municipal

ANEXO I

QUADRO GERAL DE REFERÊNCIAS DE VENCIMENTO

________________________________________________________________________________ |Referência| Valor (R$) |Referência| Valor (R$) |Referência| Valor (R$) | |==========|===============|==========|===============|==========|===============| |1 | 649,19|30 | 1.529,98|59 | 3.605,54| |----------|---------------|----------|---------------|----------|---------------| |2 | 668,73|31 | 1.575,88|60 | 3.713,72| |----------|---------------|----------|---------------|----------|---------------| |3 | 688,74|32 | 1.623,16|61 | 3.825,17| |----------|---------------|----------|---------------|----------|---------------| |4 | 709,40|33 | 1.671,88|62 | 3.939,89| |----------|---------------|----------|---------------|----------|---------------| |5 | 730,71|34 | 1.721,99|63 | 4.058,09| |----------|---------------|----------|---------------|----------|---------------| |6 | 752,63|35 | 1.773,66|64 | 4.179,86| |----------|---------------|----------|---------------|----------|---------------| |7 | 775,25|36 | 1.826,86|65 | 4.305,30| |----------|---------------|----------|---------------|----------|---------------| |8 | 798,45|37 | 1.881,65|66 | 4.434,43| |----------|---------------|----------|---------------|----------|---------------| |9 | 822,38|38 | 1.938,17|67 | 4.567,42| |----------|---------------|----------|---------------|----------|---------------| |10 | 847,12|39 | 1.996,29|68 | 4.704,47| |----------|---------------|----------|---------------|----------|---------------| |11 | 872,52|40 | 2.054,64|69 | 4.845,63| |----------|---------------|----------|---------------|----------|---------------| |12 | 898,69|41 | 2.117,86|70 | 4.990,94| |----------|---------------|----------|---------------|----------|---------------| |13 | 925,67|42 | 2.181,47|71 | 5.140,70| |----------|---------------|----------|---------------|----------|---------------| |14 | 953,43|43 | 2.246,85|72 | 5.294,93| |----------|---------------|----------|---------------|----------|---------------| |15 | 982,09|44 | 2.314,26|73 | 5.453,69| |----------|---------------|----------|---------------|----------|---------------| |16 | 3.713,720|45 | 3.713,721|74 | 5.617,36| |----------|---------------|----------|---------------|----------|---------------| |17 | 1.041,80|46 | 2.455,21|75 | 5.785,96| |----------|---------------|----------|---------------|----------|---------------| |18 | 1.073,10|47 | 2.528,83|76 | 5.959,49| |----------|---------------|----------|---------------|----------|---------------| |19 | 1.105,28|48 | 2.604,72|77 | 6.138,30| |----------|---------------|----------|---------------|----------|---------------| |20 | 1.138,41|49 | 2.682,87|78 | 6.322,41| |----------|---------------|----------|---------------|----------|---------------| |21 | 1.172,63|50 | 2.763,38|79 | 6.512,10| |----------|---------------|----------|---------------|----------|---------------| |22 | 1.207,75|51 | 2.844,60|80 | 6.707,50| |----------|---------------|----------|---------------|----------|---------------| |23 | 1.244,03|52 | 2.931,62|81 | 6.910,35| |----------|---------------|----------|---------------|----------|---------------| |24 | 1.281,32|53 | 3.019,62|82 | 7.115,95| |----------|---------------|----------|---------------|----------|---------------| |25 | 1.319,80|54 | 3.110,21|83 | 7.329,48| |----------|---------------|----------|---------------|----------|---------------| |26 | 1.359,35|55 | 3.203,51|84 | 7.549,32| |----------|---------------|----------|---------------|----------|---------------| |27 | 1.400,18|56 | 3.299,65|85 | 7.775,79| |----------|---------------|----------|---------------|__________|_______________| |28 | 1.442,21|57 | 3.398,62| |----------|---------------|----------|---------------| |29 | 1.485,42|58 | 3.500,52| |__________|_______________|__________|_______________|

ANEXO II

QUADRO DE CARREIRA GERAL DOS SERVIDORES

___________________________________________________________________________________ | Grupo Ocupacional | Cargo |Referência|Referência| | | |Inicial |Final | |=========================|===================================|==========|==========| |Apoio e Manutenção |Assistente Operacional |10 |35 | | |-----------------------------------|----------|----------| | |Auxiliar de Serviços Gerais |01 |21 | | |-----------------------------------|----------|----------| | |Eletricista |25 |50 | | |-----------------------------------|----------|----------| | |Encadernador |25 |50 | | |-----------------------------------|----------|----------| | |Encanador |25 |50 | | |-----------------------------------|----------|----------| | |Marceneiro |25 |50 | | |-----------------------------------|----------|----------| | |Mecânico Soldador |25 |50 | | |-----------------------------------|----------|----------| | |Motorista |25 |50 | | |-----------------------------------|----------|----------| | |Pedreiro |25 |50 | | |-----------------------------------|----------|----------| | |Pintor |25 |50 | | |-----------------------------------|----------|----------| | |Vigia |05 |25 | | |-----------------------------------|----------|----------| | |Operador de Manutenção |25 |45 | |-------------------------|-----------------------------------|----------|----------| |Administra-tivo |Assistente Administrativo |30 |60 | | |-----------------------------------|----------|----------| | |Auxiliar de Biblioteca |20 |45 | | |-----------------------------------|----------|----------| | |Auxi. de Serviços Administrativos |20 |45 | | |-----------------------------------|----------|----------| | |Telefonista |20 |45 | |-------------------------|-----------------------------------|----------|----------| |Técnico de Nível Médio |Auxiliar de Enfermagem |20 |45 | | |-----------------------------------|----------|----------| | |Auxiliar de Laboratório |20 |45 | | |-----------------------------------|----------|----------| | |Auxiliar em Assuntos de Informática|30 |50 | | |-----------------------------------|----------|----------| | |Auxiliar em Assuntos de Rádio,Áudio|30 |50 | | |e Vídeo | | | | |-----------------------------------|----------|----------| | |Desenhista |25 |50 | | |-----------------------------------|----------|----------| | |Técnico de Laboratório |35 |55 | | |-----------------------------------|----------|----------| | |Técnico de Enfermagem |30 |50 | | |-----------------------------------|----------|----------| | |Técnico em Arquivo |30 |55 | | |-----------------------------------|----------|----------| | |Técnico em Assuntos de Informática |40 |60 | | |-----------------------------------|----------|----------| | |Técnico em Assuntos de Rádio, Áudio|40 |60 | | |e Vídeo | | | | |-----------------------------------|----------|----------| | |Técnico em Prótese Dentária |35 |55 | | |-----------------------------------|----------|----------| | |Técnico em Radiologia |20 |40 | | |-----------------------------------|----------|----------| | |Técnico em Segurança do Trabalho |35 |55 | |-------------------------|-----------------------------------|----------|----------| |Nível Superior |Administrador |55 |85 | | |-----------------------------------|----------|----------| | |Administrador Educacional |55 |85 | | |-----------------------------------|----------|----------| | |Advogado |55 |85 | | |-----------------------------------|----------|----------| | |Analista de Sistemas |55 |85 | | |-----------------------------------|----------|----------| | |Analista de Suporte |55 |85 | | |-----------------------------------|----------|----------| | |Arquiteto |55 |85 | | |-----------------------------------|----------|----------| | |Assistente Social |55 |85 | | |-----------------------------------|----------|----------| | |Bibliotecário |55 |85 | | |-----------------------------------|----------|----------| | |Biólogo |55 |85 | | |-----------------------------------|----------|----------| | |Contador |55 |85 | | |-----------------------------------|----------|----------| | |Enfermeiro |55 |85 | | |-----------------------------------|----------|----------| | |Engenheiro Civil |55 |85 | | |-----------------------------------|----------|----------| | |Engenheiro Eletricista |55 |85 | | |-----------------------------------|----------|----------| | |Engenheiro Químico |55 |85 | | |-----------------------------------|----------|----------| | |Farmacêutico |55 |85 | | |-----------------------------------|----------|----------| | |Jornalista |55 |85 | | |-----------------------------------|----------|----------| | |Químico |55 |85 | | |-----------------------------------|----------|----------| | |Psicólogo |55 |85 | | |-----------------------------------|----------|----------| | |Tradutor e Intérprete de Linguagem|55 |85 | | |de Sinais | | | | |-----------------------------------|----------|----------| | |Instrutor de Idiomas |55 |85 | |_________________________|___________________________________|__________|__________|

0 Comentário

Faça um comentário construtivo abaixo e ganhe votos da comunidade!

Não use muitas letras maiúsculas, isso denota "gritar" ;)

ou

×
Disponível em: http://c-mara-municipal-de-blumenau.jusbrasil.com.br/legislacao/974272/lei-complementar-744-10